23 março, 2015

5 dores do corpo que não devemos ignorar nunca

Oiee meninaaas, estou de volta, \0/....desculpem não ter quase postado por 2 dias, mas é que tava muito ocupada mesmo viu....mas ja estou aqui de novo ;) e hoje vou falar de um assunto muuuito importante que é a saúde...então leiam esse post que é importante 

Sentir uma dor ou outra no dia-a-dia faz parte da vida de todo mundo, seja para quem trabalhou duro o dia inteiro ou para quem sentou de mal jeito por 12 horas em frente ao videogame.
Porém, nem toda dor vem da má postura – apesar de que, a longo prazo, sentar de mal jeito pode te fazer ter uma vida bem mais difícil amanhã.
A médica Leigh Vinocur diz que é importante confiar no instinto, e procurar um médico assim que sentir uma dor não muito habitual. Para não vacilar, que tal ficar atento a algumas dores específicas que podem justificar uma visita ao médico?

1. Dor na perna/panturrilha
Pode indicar: Trombose venosa profunda, a formação de coágulos (trombos) no interior das veias das pernas.
Se você passou por uma cirurgia recentemente, encontra-se em repouso na cama, ou é mulher eestá em controle de natalidade, consulte um médico imediatamente ao sentir dores e cãibras nas pernas. A doença também pode afetar pessoas que estiveram sentadas a longas horas em espaços apertados, como poltronas de ônibus e avião.
É importante fazer exames médicos assim que notar algo errado. No caso da trombose, o coágulo pode se transferir para o pulmão e causar embolia pulmonar.

2. Forte dor nas costas
Pode indicar: Dissecação aórtica, um rasgo na artéria aorta que permite ao sangue criar um falso canal.
Se você é hipertenso ou possui alguma doença do tecido conjuntivo, como a síndrome de Marfan, preste atenção. A dissecação aórtica pode fechar artérias e causar Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), paralisia e insuficiência renal.

3. Dor abdominal intensa
Pode indicar: Ruptura de gravidez ectópica, ou seja, fora do útero.
Uma gravidez ectópica é aquela que se instala fora do útero (nas trompas ou na cavidade abdominal), e geralmente acontece com mulheres que usam métodos contraceptivos (como DIU) ou que estão em tratamento de fertilidade. Por isso, o primeiro exame pedido no caso de dores abdominais é um teste de gravidez.
Como não é possível o feto sobreviver ali, a gravidez eptópica irá causar danos no corpo da mulher, podendo resultar em uma hemorragia fatal.

4.Dor de dente severa
Pode indicar: Angina de Ludwig, uma infecção nos tecidos da boca e do pescoço.
Uma dor intensa que se espalha da boca para o pescoço pode ser sinal de infecção. Se você sentir seu pescoço inchar, a pele ficar vermelha e a voz soar engraçada, fique alerta. Você também poderá babar e não conseguir engolir a própria saliva. Pode acontecer após um trauma oral (como queda e consequente ferida na boca).

5. Forte dor de cabeça
Pode indicar: Acidente Vascular Cerebral (AVC), rompimento de um vaso cerebral.
A dor de cabeça pode vir forte, mas nada se compara ao caso de um sangramento no cérebro. Nesse caso, a intensidade máxima da dor por vir em apenas alguns minutos, e de repente você estará rolando pelo chão de agonia. Pessoas com pressão arterial elevada estão na berlinda, e se você tem um histórico na sua família relacionado a acidentes vasculares, também deve ficar atento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário