04 maio, 2015

Como rejuvenecer ao redor dos olhos

Olá amores, meninas olha que super dica trago para vocês, quem aí quer ficar com a região dos olhos perfeita? todas né...afinal é nos olhos que aparecem as primeiras linhas de expressão, e muitas meninas também quando vão passar maquiagem ela craquela, que odio que dá não é? então se você tem esse problema veja esse post até o fim


Vamos lá:




Efeito craquelado

Comum em mulheres mais jovens, a pele ao redor dos olhos apresenta linhas finas e superficiais, dando a impressão de ressecamento. Elas aparecem por causa do movimento repetitivo das pálpebras e do envelhecimento natural. Muita exposição ao sol sem proteção pode agravá-las, assim como a falta de hidratação, cigarro e poluição. Não pode descuidar pois com o tempo essas linhas tendem a se tornar rugas.


Como tratar
Em casa: use cremes com hidratação intensa e que tenham substâncias que estimulam a formação de colágeno. Produtos com fragmentos de ácido hialurônico e Vitamina C são ótimos pois além de agir na firmeza da pele, tem propriedades antioxidantes.
No consultório: alguns profissionais recomendam a técnica Skinbooster. São injeções de ácido hialurônico, capazes de reter a água e garantir a hidratação da pele. É usado um tipo de ácido menos denso.


Pés de galinha

A maior perda de colágeno e elastina ao redor dos olhos ocasionam em rugas. O envelhecimento natural e os hábitos de sorrir, fumar e se expor ao sol auxiliam nessa perda, causando o aparecimento dos famosos pés de galinha. Pele ressecada tem maior tendência para formação de rugas.


Como tratar
Em casa: use cremes para estimulação de colágeno. O retinol (um derivado do ácido retinoico) é uma boa opção já que age na renovação celular.
No consultório: a toxina botulínica e preenchimento à base de ácido hialurônico são as melhores opções. Os dois tratamentos estão mais modernos, garantindo um rejuvenescimento mais natural e evitando ficar com a expressão congelada. Versões mais modernas desses ativos ajudam ainda a estimular o colágeno.


Flacidez

A flacidez nas pálpebras pode ter fatores genéticos. E com o tempo, a perda natural de gordura contribui mais para as pálpebras “caírem”. Esse processo normalmente se inicia por volta dos 25 anos, ficando mais evidentes depois dos 35. Portanto, dê atenção às suas pálpebras o quanto antes.


Como tratar
Em casa: use ativos firmadores como o DMAE e o Matrixyl. O primeiro promove o efeito lifiting enquanto que o segundo estimula o colágeno. Faça a aplicação com movimentos delicados do contrário, você pode intensificar a flacidez.
No consultório: lasers de CO2 fracionado, como o Fraxel Repair, são ótimos para esse caso. Esse processo estimula o colágeno e dá firmeza à pele. Duas a cinco sessões são necessárias e os resultados duram até três anos. Mas se as pálpebras forem muito caídas, só vai funcionar a cirurgia plástica.


Bolsas

Inchaço nas pálpebras inferiores dá a aparência de eterno cansaço, envelhecendo o rosto. As causas podem ser: genética, flacidez, excesso de gordura ou retenção de líquidos. Esse é o problema mais difícil de tratar na região dos olhos.


Como tratar
Em casa: use cremes para dar firmeza e aliviar a retenção de líquidos. Ativos com cafeína, que tem ação drenante, é uma boa escolha. O ácido hialurônico pode auxiliar também já que é reduz a flacidez.
No consultório: aparelhos de radiofrequência multipolar, como o Freeze, é a melhor opção. Ele emite um calor para contrais as fibras de colágeno e compactar as células de gordura. Mas se as bolsas estão muito proeminentes, a única saída pode ser a blefaroplastia. Esse tratamento consiste na eliminação cirúrgica da gordura e excesso de pele.






GOSTARAM? SÃO DICAS SIMPLES E QUE PODE MUDAR A SUA PELE....E AÍ VAMOS CMEÇAR?

Nenhum comentário:

Postar um comentário